Ela

A chuva fria
E a madrugada sombria
de onde meu amor jazia
Vêm me trazer
O lindo amanhecer.

No altar escuro
Sombras olham pelo muro
Todas a espreitar
Prontas pra atacar.

Esse olhar macabro
Negro como queimado
Vem me amaldiçoar.

Mas sem nenhuma ferida
Ou a alma atingida
Eu vivo para a observar.

Anúncios

~ por tikogabbagabba em 08/01/2010.

6 Respostas to “Ela”

  1. cara, ce tah ficando bom nisso. eu achava seus poemas uma bosta, mas tah ficando bom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: